Nome científico:

Athene noctua Scopoli, 1769

Nome comum:
Mocho-galego
Família:
Strigidae

 

 

O mocho-galego é uma rapina nocturna, pouco maior que um melro e que chama a atenção pela sua característica silhueta arredondada. É uma espécie bastante conspícua pelo facto de pousar em pontos altos à beira da estrada, e também por ser a mais diurnas das rapinas nocturnas. A plumagem é acastanhada com manchas brancas e os olhos são amarelos. Tem vocalizações bastante audíveis, podendo ouvir-se vários indivíduos em simultâneo. 

 

Habitat/Ecologia

Esta ave agrícola generalista distribui-se por todo o território continental, mas é claramente mais abundante na metade sul do país, nidificando numa grande diversidade de habitats. É particularmente frequente em terrenos agrícolas com algumas árvores dispersas e em olivais, usando muitas vezes ruínas ou amontoados de pedras como locais de nidificação. Na Mitra são conhecidos dois territórios perto dos jardins e aqueduto, havendo a possibilidade de existir um terceiro no olival antigo, junto ao anel.

 

Período mais favorável à observação

Por ser uma ave relativamente comum pode ser observada durante todo o ano.

 

Curiosidades

É uma ave fácil de observar, apesar de ser nocturna, devido aos seus hábitos parcialmente diurnos.

 

Ocorrência

Residente comum.